Pronto-Socorro de hospital em Carangola/MG poderá fechar as portas por falta de repasse do Município


A diretoria da Casa de Caridade anunciou na manhã desta quinta-feira (25/10), que o pronto-socorro de Carangola poderá fechar as portas em decorrência da falta de repasse do município e outros com a entidade.


Segundo a diretoria do hospital, a Prefeitura Municipal de Carangola não vem cumprindo com o pagamento mensal de seu compromisso para manter o funcionamento do pronto-socorro da Casa de Caridade no serviço de Rede de Urgência e Emergência.


A  dívida já ultrapassa 1 milhão totalizando até o momento  R$ 1.150.000,00 (Um milhão cento e cinquenta mil reais).  A  Casa de Caridade de Carangola vem assumindo esse serviço, mas  a dívida  poderá afetar o funcionamento do pronto-socorro, que atualmente atende Carangola e cidades da região.


Além da falta de repasses pelo município de Carangola, a Casa de Caridade vem sofrendo também a falta repasse por parte do estado de Minas Gerais e até mesmo do Governo Federal. Alguns convênios também tem atrasado o repasse ao hospital, o que contribui para o agravamento da situação.


O somatório do déficit de repasses à Casa de Caridade feitos pelo município, estado e convênios, ultrapassa os 10 milhões de reais.

 

O Pronto Socorro da Casa de Caridade de Carangola realiza o atendimento de urgência e emergência , sendo que o seu fechamento traria graves problemas para muitas cidades da região.


A direção da Casa de Caridade informou ainda que se reunirá até o dia 10 de novembro para deliberar sobre a situação e comunicar ao município o que for resolvido, mas já adianta que sem o repasse Municipal, interromperá as atividades do Pronto-socorro, deixando de fazer parte da Rede de Urgência e Emergência. O Pronto Socorro é responsabilidade do Município de Carangola.


O hospital mais próximo que possui pronto-socorro com condições de atendimentos de média e alta complexidade fica na cidade de Muriaé, a 80 KM de Carangola.


Nos próximos dias uma comissão com autoridades políticas da região deve discutir o assunto, no sentido de buscar recursos para o pronto-socorro da Casa de Caridade junto ao Estado e à União.

WHATSAPP (32) 99966-1259

WHATSAPP (32) 99966-1259

WHATSAPP (32) 99966-1259

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social