Menina de 9 anos é vítima de estupro coletivo em Manhuaçu

Os crimes seriam praticados desde que a garota tinha sete anos, em 2016, segundo relato da vítima.



Após notar comportamento estranho de uma aluna de 9 anos, a professora acabou descobrindo que ela estava sentindo dores na região genital porque havia sido vítima de estupro. O caso aconteceu em Manhuaçu, na Zona da Mata. O abusador teria usado até pedaços de madeira no crime. Conforme relatos da criança para a polícia, o homem ameaçava agredí-la caso contasse para alguém e prometia procurá-la quando saísse da cadeia.


Na última quinta-feira (29), a Polícia Militar foi acionada para um posto de saúde da cidade onde a pequena era examinada na companhia da mãe e de uma tia. Ao colher o depoimento da menina na presença do conselho tutelar, a PM soube quem era o suspeito, foi até ele e o prendeu. O jovem de 18 anos foi ouvido e liberado, por já ter passado o tempo de flagrante, mas voltou a ser detido na manhã de sábado (1º), após um mandado de prisão temporária expedido pela Polícia Civil. A assessoria de imprensa da corporação, no entanto, não confirmou detalhes de quando os abusos teriam começado, nem informou se mais pessoas são suspeitas do crime. 


A primeira médica a examinar a criança disse que ela apresentava lesões, mas que precisaria ser submetida a exame com ginecologista. A segunda profissional constatou, então, que os abusos teriam sido feitos, também, com pedaços de madeira. Além de muitos machucados nos órgãos genitais, foram identificadas características de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).


De acordo com informações do boletim de ocorrência, repassadas pela médica para a polícia, os sinais eram de abusos frequentes e antigos. Ela foi encaminhada para novos exames e tratamento medicamentoso para curar a infecção. 


Agora, o caso segue sob responsabilidade da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Manhuaçu, que tem 10 dias para concluir o inquérito, podendo transformar a prisão temporária em preventiva. 


Fonte: Hoje em Dia

WHATSAPP (32) 99966-1259

WHATSAPP (32) 99966-1259

WHATSAPP (32) 99966-1259

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social